sexta-feira, 21 de outubro de 2011

JÁDSON BARROS NEVES VENCE O PRÊMIO NACIONAL DE CONTOS

XII Concurso Nacional de Contos seleciona 12 contos 
21/10/2011 



Ganhador é do Tocantins e segundo lugar é araraquarense


Comissão julgadora do concurso foi formada por: José Pedro Antunes, José Pedro Renzi, e Hilário Antônio Amaral
 
A Prefeitura de Araraquara, por meio da Secretaria Municipal da Cultura e Fundart, divulgou no último dia 20, o resultado do XII Concurso Nacional de Contos – Prêmio Ignácio de Loyola Brandão, realizado pela Biblioteca Pública Municipal Mario de Andrade.
 
O corpo de jurados que realizou o trabalho de seleção dos premiados foi composto pelos Professores Doutores: José Pedro Antunes e  Hilário Antonio Amaral (ambos da Unesp - Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara), e também por José Pedro Renzi, representante do Conselho Municipal de Cultura (Literatura).
 
De acordo com o regulamento do concurso seriam contemplados dez contos, porém os jurados decidiram acrescentar outros dois contos, resultando assim em 12 contos que serão publicados pela Editora da UNESP, através da Faculdade de Ciências e Letras – Campus de Araraquara, com uma tiragem de 500 exemplares.
 
O primeiro colocado foi Jádson Barros Neves, de Guaraí, no Tocantins, com o conto “Setembro Bravo”. Além da primeira colocação, Jádson também assegurou duas menções honrosas e a publicação dos contos “Caso de Dante” e “A Toalha” no livro a ser publicado.
 
Araraquara também está representada no “pódium”, com o segundo lugar de Danilo Brandão de Lima, autor do conto “Noite Esmeralda”. Já a terceira colocação ficou com Éder Rodrigues da Silva, de Pouso Alegre, em Minas Gerais, com a obra “Mensageiro da Chuva”.
 
Os três primeiros colocados recebem os seguintes prêmios: R$1.000,00 (1º colocado), R$600,00 (2º colocado) e R$400,00 (3º colocado). Do 4º ao 12º colocado, os autores recebem Menção Honrosa. Cada autor receberá dez exemplares do livro.
 
Além de Jádson, também recebem as menções honrosas: Claúdia Albers Avóglio – “Dois Valetes, Uma Dama” (Pirassununga – SP), Alexandre de Almeida Nobre - “Fazenda Nova América” (Ribeirão Preto – SP), Lucas Henrique da Nóbrega Cassiano – “Acontece com as Melhores Pessoas” (Americana – SP), Pietro Bordini De Santis – “Carlos Sullermann” (São Carlos – SP), José Carlos da Silva – “Edilene chegou...” (Mauá – SP), Alexandre Bonafim Felizardo – “Gervásio” (Goiânia – GO), e Paulo César Paschoalini – “Escultores de Sombras” (Piracicaba – SP).
 
Nesta edição foram inscritos 568 trabalhos. Diversas cidades participaram das inscrições, como: Americana, Araraquara, Atibaia, Bebedouro, Campinas, Gavião Peixoto, Itararé, Maracaí, Piracicaba, Presidente Prudente, Salto, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São José do Rio Preto, São Paulo, Sertãozinho – de SP – além de Campo Grande (MS), Goiânia (GO), João Pessoa (PA), Paracatu (MG), Porto Velho (AC), Rio de Janeiro (RJ), São Leopoldo (RS), Taguatinga (DF) – entre várias outras. Também houve trabalhos de brasileiros que residem no Japão e na França.
 
Lançado em 1977, o Concurso Nacional de Contos de Araraquara vem atingindo seu objetivo de incentivo à literatura brasileira e despertando o interesse dos escritores.
 
Confira os premiados no concurso:
 
Vencedores do Concurso de Contos 2011
 
1º colocado – Jádson Barros Neves – “Setembro Bravo” (Guaraí – TO)
2º colocado – Danilo Brandão de Lima – “Noite Esmeralda” (Araraquara – SP)
3º colocado – Éder Rodrigues da Silva - “Mensageiro da Chuva” (Pouso Alegre – MG)
 
Menção Honrosa
 
- Alexandre de Almeida Nobre - “Fazenda Nova América” (Ribeirão Preto – SP)
- Alexandre Bonafim Felizardo – “Gervásio” (Goiânia – GO)
- Claúdia Albers Avóglio – “Dois Valetes, Uma Dama” (Pirassununga – SP),
- Jádson Barros Neves – “Caso de Dante” e “A Toalha” (Guaraí – TO)
- José Carlos da Silva – “Edilene chegou...” (Mauá – SP)
- Lucas Henrique da Nóbrega Cassiano – “Acontece com as Melhores Pessoas” (Americana – SP)
- Paulo César Paschoalini – “Escultores de Sombras” (Piracicaba – SP)
- Pietro Bordini De Santis – “Carlos Sullermann” (São Carlos – SP)