quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Salomão Sousa - Poema

Foto by Francisco Perna Filho































Sobrevoou as barras 
dos desertos das cobras,
Sobrevoou as montanhas
dos seres esquivos.
Enjoou das carnes podrentas,
Enjoou dos miolos vazios.
Voou para a cidade deserta,
A cidade já quase sem cio.
Pousou nas muitas portas,
Pousou nas janelas sensíveis.
Estava o gavião com fome
de uma palavra carnívora.