quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Jorge Montenegro - Poema

Image hart

SU B J U N T I V O


E se num instante a minha máscara caísse
sobre o falso brilho desses palcos glamourosos,

sob o estribilho de mil beijos ardorosos,
na vazia noite onde mais lágrimas houvesse?

E se de repente esse meu coração sentisse
um pulsar contido, meio tépido e agreste,
a sofreguidão que a tua nua tez reveste
na imensidão da minha alma nesse cálice?

E se num momento de paixão eu explodisse,
minha solidão se dispersasse no deserto
toda a sensatez eu finalmente me esquecesse?

E se nesse agora, todo teu, eu me entregasse
sem essas amarras, desse meu pudor liberto,
e teu corpo nu eu envolvesse num enlace?








Imagem retirada da Internet: coração