terça-feira, 14 de agosto de 2012

Edson Guedes de Morais - Poema


Visual representation of statistical analysis: a double handful of smooth sand cascades through the fingers, separating itself into natural divisions.
TEMPO E CAUSALIDADE


Nenhum deus me fez ou sabe.
Houve um gesto; depois,
a involuntária duração do gesto
como um punhado de areia
que se atira para o alto cai.

O fado é não podermos ver,
a cavaleiro, nossos próprios passos,
esquecermos depressa a semeada
e esta germinar à nossa frente.

Muito antes de mim, depois,
a folha, o vento e o movimento
da folha sobre a estrada pelo vento.


Fonte: Antônio Miranda
Imagem retirada da Internet: handful of sand