quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Amadeus Amado - Poema


Anotações





As chuvas
recolhem os últimos vestígios
do teu coração.
Os meus olhos
abertos procuram
um recesso
na tua
irresoluta alma,
longínqua
e misteriosa.
Breve
a seca virá
e eu,
bem depois de tudo isso,
guardarei lembranças
dos teus passos,
e o silenciar noturno da tua voz.




In. Amena Flor da Madrugada.
Imagem retirada da Internet: passos