segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Sophia de Mello Breyner Andresen - Poema

Liberdade



Aqui nesta praia onde

Não há nenhum vestígio de impureza,

Aqui onde há somente

Ondas tombando ininterruptamente,

Puro espaço e lúcida unidade,

Aqui o tempo apaixonadamente

Encontra a própria liberdade.



Fonte: Mulheres

Imagem retirada da Internet: Pena