domingo, 21 de novembro de 2010

Francisco Perna Filho - Poema

IMBECIL


Tinha o rei na barriga,

uma fome descomunal,

e um milhão de ideias.

Enganado pela rainha,

provou do próprio veneno

e sucumbiu no reino.


Imagem retirada da Internet: imbecil