quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Manuel Bandeira - Poema

Neologismo



Beijo pouco, falo menos ainda.

Mas invento palavras

Que traduzem a ternura mais funda

E mais cotidiana.

Inventei, por exemplo, o verbo teadorar.

Intransitivo:

Teadoro, Teodora.




In. BANDEIRA, Manuel. Meus poemas preferidos.

São Paulo: Ediouro, 2002.

Imagem retirada da Internet: Teadorar