quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Francisco Perna Filho - Poema




Francisco Perna Filho




O poema, a seguir, é uma homenagem que faço aos meus grandes amigos/irmãos: Valdivino Braz e Sinésio Dioliveira. Este ano, como estou morando em Palmas, não passamos os nossos aniversários juntos, como sempre o fazemos. Portanto, esta é uma forma de comemorarmos, de matarmos um pouco a saudade. Na fotografia, estou ladeado pelos dois: à esquerda, Valdivino; à direita, Sinésio. A foto faz parte do Álbum de fotos do Orkut do amigo Sinésio, e foi tirada num momento muito agradável, no Bar do Chaguinha, em Goiânia.


DE HOMENS E BARCOS


Os homens, naquele bar,

falaram de rios e mulheres

e riram dos seus feitos,

de suas histórias e amores,

sonharam lonjuras e amavios

e navegaram em olhos e dentes tão perfeitos

que chegaram a entender o vazio dos homens e das garrafas.

Sorveram o momento

e se alimentaram de boas palavras.

Não sabiam muito a respeito do amor,

por isso - sobreviveram.