sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Ecce Homo


NIETZSCHE (Friedrich), filósofo alemão (Rökken, perto de Lutzen, 1844 — Weimar 1900). Estudante em Bonn e Leipzig, e amigo de Richard Wagner, lecionou em Bale de 1869 a 1878. Morreu louco. Foi em 15 de outubro de1888 que o criador do Zaratustra tomou da pena para escrever o Ecce Hommo.







Por que Sou Tão Sábio

1



A verdadeira felicidade de minha existência, talvez a sua singularidade, consiste no seu destino: eu, para exprimi-lo em forma enigmática, como meu pai, já estou morto; como minha mãe, ainda vivo e envelheço. Esta dupla origem, que procede, de certo modo, do degrau superior e ao mesmo tempo do degrau inferior da vida, do que já está decadente, e de algo que começa agora, explica melhor do que qualquer outra razão esta mentalidade, esta independência e tudo quanto se relacione ao problema geral da vida, que constitui uma das minhas mais distintas qualidades. Para intuir com indícios da subida e da descida, eu sou dotado de uma sensibilidade maior do que qualquer outra que fosse dado ao homem ter; eu sou o mestre por excelência, conheço um e outro, sou um e outro.

(...)



In.Ecce Hommo. Ediouro, s/d.