segunda-feira, 15 de junho de 2009

O AMOR



Francisco Perna Filho

















O Dia,
com ares de masculinidade,
comporta em si três belas mulheres:
Manhã, Tarde e Noite.
Nelas,
Ele está mergulhado.
Nele, todas Elas estão.
Como o amor:
crescente.
Manhã, Tarde e Noite
Até explodir em luz,
para desconstruir-se em sono,
para refazer-se
em sonho.
Quando
será outro dia.






http://www.cifras.com.br/arquivos/partituras/arlindo-cruz_o-amor_718091.JPG